Os vermes em cães e gatos representam um recorrente problema de saúde, principalmente para os filhotes. Apesar de existirem muitos vermífugos para tratar as infestações, é fundamental saber como administrar esses medicamentos e consultar um médico veterinário, já que é necessário uma análise profissional dos fatores que determinam o vermífugo mais adequado e também a frequência correta para seu pet estar sempre bem cuidado.

Vamos entender melhor como funciona a vermifugação em cães e gatos?

 

O ambiente afeta diretamente a contração de vermes

O ambiente afeta diretamente a contração de vermes

O ambiente afeta diretamente a contração de vermes

O local onde o animal vive é decisivo para saber de quanto em quanto tempo aplicar o vermífugo. Imagine que você mora em uma chácara ou uma casa com quintal onde, por exemplo, pode haver presença de outros animais, maior contato do cão ou gato com o solo, e ingestão de alimentos com maior potencial de gerar contaminações por estarem mais expostos aos insetos, roedores, etc. Isso tudo aumenta as chances do seu amigão contrair os vermes e, por isso, ele precisa receber doses mais frequentes. Para os animais que vivem em apartamento, o risco diminui, pois existem menos fontes de contágio.

Outro ponto importante para prevenção é a limpeza do ambiente. Como pulgas também podem transmitir verminoses, o ideal é manter a casa sempre limpa e ventilada e a grama do jardim podada, já que esse parasita adora um cantinho úmido e escuro para se alojar.

 

Uma voltinha pela rua também apresenta riscos

Os cães e gatos que costumam sair bastante para passear também estão mais sujeitos às infestações

Os cães e gatos que costumam sair bastante para passear também estão mais sujeitos às infestações

Considerando esse princípio, os cães e gatos que costumam sair bastante para passear também estão mais sujeitos às infestações. Na rua, seu pet pode lamber as fezes de outro bichinho, o que é muito comum entre os cães, e assim, ingerir as larvas dos vermes que irão se desenvolver em órgãos como intestino, estômago e até no coração. A principal dica é sempre limpar as patinhas ao voltar para casa – especialmente na parte debaixo e entre os dedos – com um pano úmido e sabão veterinário ou com uma mistura de 80% água e 20% álcool para diminuir a possibilidade de transmissão. Não é preciso evitar passeios, apenas mantenha seu amigo sob os cuidados de um veterinário e fique atento para que as vermifugações estejam em dia.

As principais dicas são evitar ruas e praças em que há muitos animais passeando e sempre que voltar para casa, limpar as patinhas – especialmente na parte debaixo e entre os dedos – com um pano úmido e sabão veterinário ou com uma mistura de 80% água e 20% álcool para diminuir a possibilidade de transmissão.

Vale lembrar que os gatos têm um comportamento mais específico, saem para a rua sem os donos, gostam de mexer em objetos e também se lambem mais para fazer a própria higiene. Portanto, são mais propensos a contrair verminoses e necessitam de um programa de vermifugação distinto ao que é apresentado aos cães.

 

A vermifugação de filhotes é indispensável, pois os pequeninos geralmente contraem vermes.

A vermifugação de filhotes é indispensável, pois os pequeninos geralmente contraem vermes.

Vermifugação de filhotes e adultos tem diferença

Dois aspectos que também são muito importantes na hora de decidir a frequência do tratamento é a idade e peso do bichinho. A vermifugação de filhotes é indispensável, pois os pequeninos geralmente contraem vermes e, se não forem tratados, as complicações podem ser fatais. Para crescerem saudáveis, os filhotes precisam tomar o vermífugo em intervalos menores nos primeiros meses de vida, conforme recomendação do veterinário. Já para a vermifugação de cães e gatos adultos, as quantidades devem ser ajustadas ao peso do animal para que realmente sejam eficazes e não provoquem outros problemas de saúde. Então, lembre-se: consulte um médico veterinário, submeta seu pet aos exames, e garanta o vermífugo adequado para seu amigão de quatro patas ficar livre dos vermes.

 

 

Aproveite para conhecer a linha de antiparasitários da König, a única que oferece vermífugos na medida certa para cada idade e peso de cães e gatos. São três versões Basken Plus com diferentes concentrações e duas opções líquidas Basken Suspensão. Mais segurança para seu amigo e mais praticidade para você.