A dermatite é uma reação alérgica que pode levar a vermelhidão da pele, coceira e, dependendo do caso, descamação e feridas. Trata-se de um dos distúrbios mais incômodos nos cães e gatos, acomete  um grande número dos animaizinhos e é a terceira causa mais comum nas consultas veterinárias. Muitos são os fatores que levam a condição, sendo que as bactérias e fungos são os mais comuns. Veja abaixo os principais geradores da dermatite e confira as dicas de como tratar a pele do seu amigo de quatro patas!

 

Fatores que podem causar distúrbios na pele de cães e gatos

 

Mudanças climáticas

Variações bruscas de temperatura e excesso de umidade na pelagem podem ocasionar dermatites. Isso é mais comum em cães ou gatos de pelos compridos e vastos que não recebem a ventilação ou secagem adequada após os banhos.

 

Alimentação

A hipersensibilidade alimentar que seriam as intolerâncias a certos tipos de alimentos também podem fazer com que seu animalzinho desenvolva dermatite. Esse tipo de alergia pode levar a vômitos e deficiências respiratórias. Neste caso, deve-se descobrir qual alimento causa a alergia.

Problemas no ambiente domiciliar

Fatores de estresse ou outras condições emocionais podem levar o animal a vivenciar uma experiência incomum que leva a dermatite. Esteja atento aos indicativos de depressão ou outros sinais.

 

Variedade racial

Algumas raças têm mais predisposição para desenvolver dermatite, como os gatos Siameses, Birmanos, Orientais e Abissínios e os cachorros: Lhasa Apso, Shih Tzu, Shar Pei, West Highland White Terrier, Scoth Terrier, Pug, Dálmata, Boston Terrier, Boxer, Labrador, Schnauzer Miniatura, Golden Retriever, Pastor Belga, Bulldog Inglês e Fox Terrier.

 

Herança genética

Se existe histórico familiar da doença, pode ser que seu amigo tenha mais predisposição de adquirir dermatite.

 

Parasitas externos

Pulgas, carrapatos e sarna também podem causar dermatite. Assim, procure sempre manter a casa limpa e devidamente arejada para que não ocorra proliferação e cuidado ao levar seu animal para passear.

 

De origem hormonal e imunológica

Algumas dermatites podem ter origem em distúrbios imunológicos e hormonais, especialmente nas fêmeas. Nas doenças auto-imunes é bastante comum a associação com dermatites.

 

Quais são os principais problemas de pele em cães e gatos?

  • Alergias à picada de pulga (DAPP), atopia e hipersensibilidade alimentar
  • Hormonais, como hipotireiodismo, hipertireodismo e síndrome de Cushing
  • Piodermites superficiais e profundas
  • Seborreia seca e oleosa.

 

Como tratar  a dermatite?

Para tratar a dermatite, o primeiro passo é descobrir a origem do problema para estabelecer a melhor forma de tratamento. É fundamental o diagnóstico diferenciado no caso de mais de uma origem para os problemas dermatológicos. A junção dos fatores descritos acima podem piorar a doença e dificultar o diagnóstico.

As dermatites originadas de bactérias, fator genético ou estresse emocional devem receber atenção dobrada. Geralmente é indicada a aplicação de produtos anti-sépticos, mas dependendo da gravidade pode ser necessária medicação oral para controlar o problema. Para a maioria das dermatites existe um produto adequado.

Agende uma consulta com o médico veterinário e mantenha a saúde do seu animal em dia.